Como poupar dinheiro estando em isolamento

26 de Março, 2020, publicado em "poupanca"

5 dicas financeiras para jovens | Certezza seguros

No início do ano deixámos aqui algumas sugestões de poupança para 2020. Agora que milhares de pessoas estão em regime de teletrabalho e confinadas às quatro paredes de suas casas devido ao Estado de Emergência acionado no passado dia 22 de março, é importante reavaliarmos as dicas de poupança face a esta nova conjuntura.

Não sabemos quando é que a situação se vai alterar e, em momentos de incerteza, é sempre importante começar a poupar.

Trabalhar a partir de casa sugere imediatamente uma maior poupança, porque uma das primeiras situações associadas ao teletrabalho é o facto de já não termos que fazer o percurso casa-trabalho e vice-versa. No entanto, é uma situação que esconde também alguns gastos que é importante sabermos controlar.

Assim, reunimos algumas dicas de poupança que pode começar já hoje a pôr em prática para poupar.

1. Comida

Apesar de ainda estarem disponíveis serviços de take away e entregas ao domicílio, procure reduzir as vezes em que os requisita. Para além de gastar dinheiro, todos sabemos que refeições elaboradas fora de casa não são, normalmente, tão nutritivas como as que pode fazer você mesmo.

Ao estar em casa, torna-se mais fácil ter tempo para planear e cozinhar as suas próprias refeições. Assim, elabore um conjunto de ideias de refeições e snacks saudáveis para consumir a qualquer momento do dia. Evite o desperdício – sempre que sobrar comida, coloque-a no frigorífico ou congele-a para comer mais tarde.

Nesta fase, muitos são os portugueses que optaram por fazer as suas compras de supermercado através do on-line. Apesar da vantagem para a saúde pública, é importante ressalvar que há sempre lugar a uma taxa de deslocação. Além disso, pode dar-se o caso de não terem disponíveis todos os produtos, obrigando-o a ir ao supermercado e a gastar combustível, para além da taxa de entrega que já pagou.

Lembre-se ainda de que os prazos de entrega das compras online são agora mais alargados e é mais difícil pedirmos exatamente tudo aquilo de que vamos precisar mais tarde, podendo levar a encomendar compras a menos ou a encomendar algo que depois já não queremos – tenha isto em atenção na hora de encomendar para não gastar mais do que precisa.

Antes de sair para o supermercado, faça uma lista de compras e procure não se desviar do estipulado, de forma a evitar gastos extra. Outra opção será comprar nos minimercados e mercados da sua área de residência – além de ter produtos mais frescos, poupa na deslocação, os produtos são de melhor qualidade e ajuda os pequenos comerciantes.

2. Água e eletricidade

De modo a reduzir o consumo de eletricidade e de água, há algumas medidas que pode tomar.

Procure ter os dispositivos eletrónicos em standby quando não os está a utilizar, e, se precisar de comprar eletrodomésticos novos, opte pelos da classe A, que consomem menos energia e são mais amigos do ambiente.

As máquinas de roupa também serão menos utilizadas, uma vez que ao estarmos em casa vamos, em princípio, sujar menos roupa. Quando tiver que fazer uma máquina, junte várias peças de roupa, opte por um programa rápido e tire proveito das tarifas bi ou tri horárias.

Evite os banhos de imersão e os duches longos.

3. Promoções

São várias as marcas e lojas que disponibilizam promoções para fazer face a esta nova conjuntura económica.

Atentas às novas necessidades de teletrabalho dos clientes, as lojas estão hoje a oferecer, numa base diária, promoções para os mais variados artigos, nomeadamente material informático.

Existem também lojas on-line que oferecem os portes de envio, por isso fique atento a estas opções, poupe dinheiro e evite sair de casa.

4. Deslocações

Lembre-se: durante o estado de emergência devemos restringir as nossas deslocações ao mínimo indispensável. Assim, ao cumprir a lei estará também a poupar no combustível, portagens e futuro desgaste do seu veículo. Se precisar falar cara a cara, privilegie, sempre que possível, o uso de plataformas de videoconferência como o Zoom, Skype ou FaceTime.

5. Telecomunicações

As três operadoras de telecomunicações juntaram-se para, até dia 31 de março, oferecer 10gb de internet móvel e a mensalidade dos canais de desporto, durante 30 dias, a partir da data da subscrição. Esta oferta é válida para novos e atuais clientes e uma excelente oportunidade de poupança.

Aproveite o seu tempo livre para olhar para a sua fatura de telecomunicações e perceber se há algum serviço que possa dispensar de momento (canais extra, por exemplo). Para além disso, contacte a sua operadora e tente renegociar as suas condições. Mesmo que possa aumentar o seu período de fidelização, irá poupar algum dinheiro por mês.

6. Seguros obrigatórios

Procure rever as coberturas dos seus seguros e perceber se pode poupar dinheiro nos seus seguros obrigatórios.

Por exemplo, se considera que paga muito pelo seu seguro de vida do crédito habitação, saiba que hoje em dia a lei já permite alterar o mesmo para uma entidade fora do Banco onde tem o empréstimo. Faça uso de ferramentas como o simulador Compare e Poupe, que lhe permite fazer simulações rápidas e perceber quanto pode poupar.

Verá que, na grande maioria das vezes, vai conseguir poupar sem grande esforço.

7. Conta Poupança

Ao adotar as medidas de poupança acima, terá mais dinheiro para começar a poupar ou reforçar a sua conta poupança já existente.

Comece a transferir dinheiro para a sua conta poupança no início de cada mês. Deste modo, fará uma gestão financeira mais organizada e, quando surgirem despesa inesperadas, o impacto no seu orçamento mensal será menor.

Certamente que esta nova crise veio alertar para a necessidade de poupar mais dinheiro para imprevistos. Por isso, por que não aproveitar a oportunidade e adotar hábitos de poupança para um futuro mais seguro, com certezza?

Start typing and press Enter to search

Crédito Consolidado | CertezzaReforma PPR Certezza