A primavera chegou: 5 medidas para prevenir as alergias

1 de Abril, 2020, publicado em "saude"

Prevenir alergias Primaver Certezza Seguros

Numa altura de pandemia global, são vários os especialistas em saúde que sublinham a importância de um sistema imunitário forte para fazer face a eventuais invasores externos, tal como o coronavírus.

Mas, com a chegada da Primavera, muitos de nós tendem a sofrer com as alergias, que põem à prova o nosso sistema imunitário e, na maioria das vezes, o debilitam gravemente. Em condições normais, o sistema imunitário desencadeia uma resposta de ataque aos vírus invasores, mas, quanto mais debilitado este está, mais o organismo fica vulnerável.

O que são as alergias?

As alergias são respostas do nosso sistema imunitário, desencadeadas a partir do contacto com determinada substância que não é tolerada pelo nosso organismo. Assim, quando um corpo estranho entra em contacto com o organismo, a imunoglobulina percorre o corpo pela corrente sanguínea como forma de identificar e reagir à substância invasora.

Deste modo, começa um processo de defesa onde os anticorpos se fixam no invasor e despertam a produção de histamina – substância responsável pelos sintomas alérgicos. Esta libertação não é feita de forma localizada, mas sim para o organismo como um todo e, por isso, os sintomas alérgicos ocorrem em todo o corpo.

Quais os sintomas mais comuns?

Comichão, tosse seca, nariz a pingar, espirros, olhos vermelhos e lacrimejantes e até asma são os sintomas mais frequentes das alergias típicas da Primavera.  

Como prevenir as alergias?

1. Inicie a medicação preventiva mais cedo 

As alergias são mais simples de prevenir do que de tratar. Assim, um dos passos mais importantes, se já souber que é alérgico ao pólen, é iniciar antecipadamente a toma de anti-histamínicos e sprays nasais antes de começar a ter sintomas. Fale com o seu médico ou farmacêutico caso não tenha a certeza de que medicação tomar e nunca se auto-medique.

2. Comece a fazer exercício físico dentro de casa

Apesar de a crise de saúde pública atual significar que a maioria das pessoas tem reduzido o exercício ao ar livre, a verdade é que ainda há muitos portugueses que aproveitam para sair de casa para praticar jogging. Se tem tendência a ter alergias primaveris, saiba que o melhor é considerar mudar a sua rotina de treino para dentro de casa. 

Mas nem as alergias nem o coronavirus são desculpas para deixar de fazer exercício físico. Pelo contrário, o exercício físico fortalece a musculatura respiratória que auxilia a expansão pulmonar e o sistema imunitário. 

Se não tiver condições em casa para a prática de exercício físico, opte por sair ao final da tarde, dado que a contagem de pólens é inferior por esta altura do dia, e evite parques ou áreas com muita vegetação.

3. Ligue o ar condicionado

As recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) são para que se areje a casa regularmente. Contudo, se sofre de alergias associadas à estação do ano, o ideal é que feche as janelas para evitar que o pólen entre em casa, e ligue o ar condicionado.

A utilização do ar condicionado tem sido controversa ao longo do tempo, no que respeita às alergias. Mas o ar condicionado não é, por si, prejudicial a pessoas com alergias. Dado que seca e arrefece o ar, diminui a quantidade de ácaros e fungos, que tendem a acumular-se em ambientes mais quentes e húmidos. 

Os problemas acontecem quando os filtros do ar condicionado deixam de ser limpos e acumulam partículas causadoras de alergias. É conveniente, por isso, que faça a manutenção e limpeza regular dos aparelhos de ar condicionado que tem em sua casa.

Se não tiver ar condicionado, opte por arejar a casa ao fim do dia e nunca deixe a janela aberta durante a noite, dado que os pólenes começam a flutuar por volta das 4h da manhã.

4. Mantenha a casa limpa

O pólen agarra-se muito facilmente a tecidos, seja da roupa de cama, de vestir ou tapetes. 

O ideal será livrar-se de tapetes, alcatifas e outros tecidos em casa e opte por revestir as almofadas com coberturas anti-ácaros. Também lençóis de algodão ou fibras naturais são uma melhor opção para quem sofre de alergias. E lembre-se: é aconselhável lavar a roupa da cama a temperaturas superiores a 50ºC.

Caso não seja possível retirar todos os tapetes e tecidos de casa, aspire e limpe o pó com frequência para manter os níveis de alergias nos mínimos. Existem à venda aspiradores com filtros de alta eficiência (HEPA) que são ideais para se ver livre dos ácaros. Por isso, dê uma vista de olhos nas promoções das lojas de eletrodomésticos on-line e aproveite para poupar algum dinheiro neste investimento. 

Também os vidros das janelas e varandas devem ser limpos com frequência e, sempre que possível, tente colocar no rosto uma máscara para limpar, de forma a não agravar os sintomas.

Se tiver plantas em casa, cubra a terra dos vasos com gravilha, a fim de evitar a formação de bolores que poderão contribuir para piorar as alergias.

5. Tome banho à noite

Se sofre de alergias sazonais, o banho noturno poderá aliviar-lhe os sintomas. O pólen pode fixar-se na pele e na roupa e, a menos que tome um banho para eliminar os resíduos, irão manter-se no corpo, piorar os sintomas e prejudicar a qualidade do seu sono. 

Assim, para além de relaxar, tomar um banho antes de dormir poderá ser benéfico para quem tem alergias.

Aproveite a Primavera

Para além de seguir estas cinco medidas, procure manter-se agasalhado durante as alturas do dia em que a temperatura está mais baixa e evitar cheiros fortes, que também desencadeiam reações alérgicas. 

Uma alimentação equilibrada, rica em vitaminas, como a B6 e B12, zinco e ácido fólico, também é aconselhável. A vitamina D, absorvida através de uma breve exposição solar diária, é, de igual modo, muito importante para o normal funcionamento do sistema imunitário.

Assim, aproveite o sol de Primavera e combata as alergias, com certezza.

 

Start typing and press Enter to search

Criar um escritório funcional em casa | Certezza SegurosSaudável Isolamento Social Covid-19 Certezza Seguros