A importância de um seguro de vida nas diferentes fases da sua vida

11 de Maio, 2020, publicado em "poupanca,seguranca"

Seguro de Vida - Certezza

Quando optamos por um produto ou serviço ao qual reconhecemos valor, o mais provável é mantê-lo a vida toda. E existem produtos com esta capacidade, independentemente da marca que os disponibiliza.

Imagine como seria a sua vida se soubesse que, independentemente dos imprevistos que pudessem acontecer, a sua família estaria sempre protegida. Um seguro de vida tem esse propósito. Ao contratar um seguro de vida passa os custos financeiros de um infortúnio para uma companhia de seguros, que assume o risco em troca de um prémio mensal. 

Os seguros costumam estar associados a situações inesperadas, pois normalmente só os usamos quando ocorre um imprevisto. No entanto, são produtos que têm uma importância fulcral na nossa segurança financeira e que, por isso, nos devem acompanhar em todas as fases da nossa vida.

Se é jovem, solteiro e sem filhos

Enquanto jovens, vemos a vida com outros olhos, de forma mais despreocupada e sem pensar muito no que o futuro nos reserva. Por isso, contratar um seguro de vida raramente está nos planos. 

De acordo com um inquérito feito nos EUA, 65% dos indivíduos entre os 18 e os 29 anos não têm seguro de vida e o motivo mais apontado é o facto de não ser necessário porque são jovens e saudáveis.

Construir uma forte segurança financeira enquanto jovem adulto começa pelo acesso às ferramentas certas. Para além de uma poupança para emergências, um seguro de vida também será importante, pois poderá colmatar uma série de necessidades financeiras. 

Aqui ficam alguns motivos para contratar um seguro de vida nesta fase da sua vida:

Os seguros são mais baratos enquanto é jovem

O preço de um seguro é calculado com base na sua idade e estado de saúde no momento em que o contrata. Quando é jovem e saudável, o seu perfil apresenta um risco muito baixo para as seguradoras e, por isso, é possível contratar um seguro a melhores preços e condições.

O custo de vida encarece com o passar dos anos

Ano após ano as responsabilidades e gastos aumentam e também a cobertura do seu seguro será maior. Assim, contratar um seguro antes de que tudo isto aconteça poderá trazer-lhe grandes vantagens a nível pessoal e financeiro.

Poupe com um seguro de vida por tempo determinado

Um seguro de vida por tempo determinado é um seguro com uma cobertura fixa durante um determinado período de tempo e que se manterá assim, segundo a apólice que tenha contratado. Com um período de vigência, normalmente, entre cinco a 30 anos, este tipo de seguro é mais barato e inclui como cobertura uma compensação aos beneficiários em caso de morte da pessoa segura durante esse período.

Se está recém-casado e tem filhos dependentes

O sentimento de insegurança é o pior que pode ter em relação à sua família. Uma das principais vantagens do seguro de vida é garantir o futuro de quem depende de si e da sua atividade e rendimentos, caso tenha que se afastar das suas atividades profissionais, seja por morte, doença ou acidente. 

Todos sabemos que educar uma criança não é barato. Aos custos com a educação acrescem muitos outros. O seguro de vida garante os recursos para não só garantir a estabilidade financeira dos seus filhos, como também para cuidar de um familiar mais velho, por exemplo. Por outro lado, face a um diagnóstico de doença, garante-lhe recursos imediatos e, caso fique impossibilitado de trabalhar por acidente ou doença, também irá substituir o seu rendimento durante determinado período.

O crédito habitação será, provavelmente, a maior despesa que terá ao longo da sua vida. O seguro de vida associado ao crédito habitação protege o património da sua família, ao assegurar que, em caso de morte do titular do crédito, o imóvel fica pago ao banco. Para além disso, pode contratar coberturas adicionais para garantir que está protegido em caso de incapacidade absoluta e permanente.

Assim, é importante que faça esta pergunta a si próprio: conseguirá o meu cônjuge suportar todas as despesas sozinho, em caso de imprevisto?

Enquanto pais, queremos aproveitar a nossa família ao máximo e assegurar o seu futuro sem preocupações. Esta é a fase da vida em que deverá concentrar-se naquilo que é realmente importante com a garantia de que estará protegido e de que tem um plano de contingência.

Se tem filhos adultos e independentes

Nesta fase da vida, o mais importante é refletir sobre as seguintes questões: 

Tem uma poupança disponível que ajude a sua família quando falecer? 

Talvez não tenha que pagar nada pelos seus filhos quando estes são adultos. No entanto, em caso de morte e se tiver dívidas, deixá-los-á numa situação muito desconfortável. A indemnização do seguro de vida poderá ser utilizada para saldar qualquer dívida que tenha contraído em vida, retirando esta preocupação adicional à sua família num momento que será difícil por si só. 

Tem negócio próprio e/ou de família?

Um seguro de vida pode desempenhar um papel muito importante ao ajudar os seus parceiros e familiares a continuar com o negócio, caso lhe aconteça algum imprevisto. Para além disso, poderá dar-lhes algum fundo de maneio, se necessário, para os primeiros meses após o seu falecimento. Deste modo, terão tempo suficiente para reavaliar a situação financeira do negócio, sem terem que se preocupar.

Tem uma almofada financeira caso fique impossibilitado de trabalhar?

A maioria dos casais dispõe de um rendimento mensal com base nos salários dos dois como um todo e, apenas com estes, consegue pagar as suas despesas familiares. Caso fique impossibilitado de trabalhar, por acidente ou doença, um seguro de vida irá substituir o seu rendimento durante determinado período ou servir de complemento à sua reforma, para que não falhe com os seus compromissos.

Como escolher o melhor seguro de vida?

Na altura de escolher um seguro de vida, tenha atenção aos seguintes aspetos:

  • Coberturas e prémios
  • Rendimento mínimo garantido
  • Valores de redução, resgate e penalizações
  • Encargos e quando são cobrados
  • Regime fiscal, incluindo benefícios (IRS)
  • Valores de referência para calcular o capital (se se tratar de um contrato de capital variável)
  • Qual a quantidade de unidades de participação (se se tratar de um contrato de capital variável)
  • Quais os ativos representativos (se são títulos de dívida, ações, …), caso seja um contrato de capital variável

Para escolher um bom seguro de vida tem de conhecer os riscos que quer cobrir e qual o melhor produto disponível no mercado para a sua situação. Idealmente, informe-se com o seu consultor de seguros, que irá ajudá-lo a optar pelo seguro de vida mais vantajoso para si.

É certo que um seguro de vida tem muitas coberturas, mas paz de espírito é o seu maior benefício. Por isso, seja qual for a fase da vida, encare-a com a certezza que um seguro de vida lhe poderá proporcionar.

Start typing and press Enter to search

Mindfulness covid Certezza SegurosO que não deve fazer se quer poupar dinheiro | Certezza Seguros